sexta-feira, 26 de março de 2010

Vida na Terra...



Até a metade do século XVII, acreditava-se que os seres vivos foram criados por uma entidade divina, porém, através de experimentos científicos e avanços tecnológicos, teorias sobre a origem da vida começaram a surgir. Clique aqui para ver uma aula sobre ela.
Primeiramente, surgiu a teoria da abiogênese, sustentada por vários cientistas e filósofos famosos (Aristóteles, René Descartes, Isaac Newton), na qual consistia a crença de que os seres vivos surgiam de objetos inanimados, como pedras, lama e água, que davam a vida a sapos e cobras.
Jan Baptista van Helmont chegou a citar: “colocam-se, num canto sossegado e pouco iluminado camisas sujas. Sobre elas espalham-se grãos de trigo e o resultado será que em vinte dias, surgirão ratos”.
Essa teoria foi quebrada por experimentos como o de Redi, que testou a hipótese de que seres vermiformes surgem de ovos que as moscas depositam em seus cadáveres. Ele pôs diversos potes com cadáveres de animais, deixou alguns potes vedados por uma gaze, e outros abertos. Notou-se então que no pote fechado não surgiram seres vermiformes, enquanto no outro sim, confirmando sua hipótese.
Além do experimento de Redi, outro também foi de grande importância para derrubar a teoria da abiogênese, o de Louis Pasteur. Ele mesmo criou um microscópio, onde pela primeira vez conseguiu-se ver microorganismos. Até aquele momento acreditava-se que microorganismos surgiam de objetos inanimados, mas ele provou o contrário. Ele pôs diversos frascos com líquido dentro, curvou seus gargalos, e aqueceu-os por dentro, fazendo o ar sair do frasco. Em frascos como esse não surgiu microorganismos, mas ao quebrá-los eles apareciam, sustentando a idéia de que eles vieram do ar e contaminou os líquidos, mas nos potes onde não havia ar ele não podia infectar. Com esse experimento Pasteur derrubou de uma vez por todas a teoria da abiogênese.
Mas a duvida sobre a origem da vida continuou e outras teorias continuaram sendo criadas movendo a ciência.
Documentário super interessante sobre a criação da vida no The History Channel – parte 1, parte 2, parte 3, parte 4, parte 5, parte 6, parte 7, parte 8, parte9



Trabalho realizado pelos alunos Carla Montenegro, Matheus Meireles, Matheus Baeck e Yago Bello.
Turma: 1001.

Um comentário:

Rafael Tadeu de Matos Ribeiro disse...

Olá,
Parabéns pelo post e pelo blog.
Realmente, a substituição de uma concepção da origem da vida de abiogênica para biogênica representou um grande passo na história das ciências biológicas e para a compreensão do universo biológico.
Conheça o meu blog de educação/divulgaçã científica, ciências exatas/naturais e estudos epistemológicos. O link:
http://imperativocientifico.blogspot.com/
Comentários são bem-vindos!
Abraços!